Peruíbe (13) 3451-7000 | Itanhaém (13) 3422-2277

Dicas
Os cuidados com as crianças no verão

Fim de Ano, é verão e, geralmente, época das férias escolares, quando as crianças têm mais tempo para brincar, ir à praia, andar de bicicleta, se divertir e gastar suas energias. No entanto, é também o período em que os pais devem tomar alguns cuidados especiais, à saúde infantil.

As doenças mais freqüentes no verão são aquelas associadas à perda de líquidos e sais minerais e conseqüente desidratação, podendo ser perigoso caso os sintomas não sejam percebidos a tempo ou o estágio se agrave.

Mas os pais não precisam se desesperar: para evitar problemas, é aconselhável que as crianças sejam mantidas em ambientes arejados e com sombra e ingerindo líquidos. As frutas e os legumes devem ser bem lavados, e os alimentos - que com o calor estragam mais rápido - devem ser comprados em menores quantidades e mantidos na geladeira.

O principal sintoma de uma criança desidratada é a sede. Ofereça sempre líquidos ao seu filho, sem esperar que ele peça. Se houver suspeita de desidratação, o soro caseiro é indicado, podendo ser obtido a partir de uma colher de chá de açúcar e uma colher de cafezinho de sal misturadas em um litro de água.

No caso de vômitos, dê alimentos leves à criança e procure o pediatra para indicar um remédio, se for necessário.

Precauções com o sol

O passeio ao ar livre é benéfico à criança porque a exposição ao sol ajuda na absorção de vitamina D. No entanto, alguns cuidados essenciais devem ser tomados para evitar queimaduras graves e possíveis incidências de câncer de pele no futuro. Mesmo as crianças mais velhas, não devem ficar expostas ao sol entre as 10 e 16 horas, período em que a incidência dos raios ultravioletas é maior. 

 

Para evitar as queimaduras solares: 
 
Respeite os horários de sol.
Use filtro solar com proteção 30, no mínimo e reaplique-o regularmente.
Não deixe a criança dormir ao sol.
Os bebês não devem tomar sol por mais de 30 minutos (15 de frente e 15 de costas).
Aumente o tempo de exposição ao sol lentamente.
Chapéus ou bonés são essenciais, cobrindo o rosto e o pescoço.
Proteja seu filho mesmo nos dias nublados.
Para evitar a desidratação: 
 
Dê líquidos à criança várias vezes ao dia.
Lave as mãos depois de usar o banheiro e antes de preparar alimentos.
Lave bem as frutas, legumes e vegetais, usando sempre água filtrada ou fervida e tratada com cloro.
Mantenha a criança em ambientes ventilados e evite multidões.
As roupas devem ser sempre frescas e leves, preferencialmente de algodão

Voltar