Peruíbe (13) 3451-7000 | Itanhaém (13) 3421-9999 | 13 997101143

Fisioterapia e Qualidade de Vida

12/02/2020

Como a Fisioterapia pode ajudar a manter a qualidade de vida dos pacientes com Tendinite.

*Entrevista feita por Laís Guerreiro (colaboradora da Área de Comunicação do Centro Clínico Peruíbe)
 
O Dr. Osvaldo de Almeida Jr, Fisioterapeuta do Centro Clínico Peruíbe há 25 anos, concedeu uma entrevista sobre tendinite e como a fisioterapia pode manter a qualidade de vida dos pacientes. Os profissionais desta área têm como objetivo o bem-estar das pessoas independentemente da idade.
 
Confira a entrevista.
 
O que faz o Fisioterapeuta?
 
Dr. Osvaldo - O Fisioterapeuta é responsável pela reabilitação do paciente. A reabilitação vai desde uma pessoa em cadeira de rodas até um paciente que está com uma dor pontual ou passageira.
 
Quando você decidiu ser Fisioterapeuta? E por quê?
 
Dr. Osvaldo - Eu costumo dizer que a Fisioterapia me escolheu. Sempre pensei em ser jogador ou técnico de futebol por isso eu fiz Educação Física primeiro. A Fisioterapia passou pelo meu caminho e se tornou minha realidade.
 
Em quais áreas da Fisioterapia você atua?
 
Dr. Osvaldo - Attuo na área de Ortopedia e Traumatologia.
 
O que é a tendinite?
 
Dr. Osvaldo - A tendinite é a inflamação do tendão, que é uma ligação entre a parte muscular do nosso organismo com a parte óssea. Ele tem particularidades que fazem com que seja de difícil recuperação.
 
Como a Fisioterapia pode ajudar na qualidade de vida dos pacientes com tendinite?
 
Dr. Osvaldo - A Fisioterapia pode agir em várias áreas. Primeiro para evitar uma lesão, o que é feito, hoje em dia, principalmente com os atletas profissionais A Fisioterapia ajuda a evitar uma lesões e, também, entra na parte preventiva, do pós-operatório e na parte de reabilitação.
A tendinite pode ser prevenida utilizando algumas medidas: A primeira é evitar os excessos.  Por exemplo, o atleta de final de semana (aquele que só pratica atividade física aos sábados e domingos) pode gerar um trauma nos tendões. Outro ponto a ser observado é que, com a passagem da idade, perdemos massa muscular, pois ela se torna deficitária e vai sendo substituída por gordura na maioria das vezes. Se você tem uma musculatura mais fraca, os tendões e as articulações são sobrecarregados e é muito importante trabalhar o fortalecimento para evitar a perda da massa muscular.