Peruíbe (13) 3451-7000 | Itanhaém (13) 3421-9999 | 13 997101143

Centro Clínico Peruíbe oferecerá em breve nova técnica para aplicação de medicação

17/10/2006

Centro Clínico Peruíbe oferecerá em breve nova técnica para aplicação de medicação

Pioneiro em recursos tecnológicos direcionados à saúde e qualidade de vida, o Centro Clínico Peruíbe está trazendo para a Região um novo método para aplicação de medicação com menos estresse e mais conforto para o paciente. Confira a seguir artigo da enfermeira Lílian Cristina Barbosa Rocha sobre a novidade.

 

Nova técnica permite medicação sem estresse para o paciente


Por: Lílian Cristina Barbosa Rocha – Enfermeira (Coren 55295) / Centro Clinico Peruíbe

A tecnologia na aplicação de medicamentos tende sempre a evoluir para eliminar a tensão do paciente, contribuindo para uma absorção tranqüila e eficaz do tratamento. Por esta razão, para as pessoas que já tem a preocupação de uma doença e necessitam de medicação endovenosa constantemente (picadas diárias de agulha), foi desenvolvido um cateter totalmente implantável, o Porth-a-Cath. O objetivo desta técnica é proporcionar maior conforto e segurança nas aplicações endovenosas.


Inicialmente os cateteres eram semi-implantáveis. Isto porque, quando de silicone, não são incorporados pelo organismo, ficando exteriorizados e facilitando a migração de bactérias para o organismo.


Mais recentemente passou-se a utilizar os cateteres totalmente implantáveis, como o Port-a-Cath, muito usados em pacientes submetidos a quimioterapia, por exemplo.

 

O que é o cateter?


É um dispositivo desenvolvido para facilitar a administração de medicamentos, ao mesmo tempo em que protege as veias do paciente. Apresenta-se como tubo bastante fino e flexível, feito de materiais bem tolerados pelo organismo. Uma de suas extremidades, projetada para causar mínima irritação no vaso sangüíneo, é posicionada dentro de uma veia central (por exemplo, a veia cava), enquanto a outra, por onde os medicamentos serão administrados, pode ser fixada sob a pele ou exteriorizada, após percorrer um pequeno trajeto sob a pele.

 

O que é o Port-a-Cath?


É um cateter conectado a um disco introduzido cirurgicamente logo abaixo da pele, no tórax ou no abdômen. O cateter é implantado em uma veia ou artéria de grande espessura, diretamente na corrente sangüínea.


Soluções, medicações ou hemoderivados (derivados de sangue) podem ser aplicados por esse cateter e o sangue pode ser recolhido por uma agulha inserida no disco.


Este sistema é um conjunto formado por um recipiente (Port) em material rígido, na forma de um cone sem o ápice, cuja extremidade superior é fechada por uma membrana espessa de silicone.


O volume interno destes sistemas é de aproximadamente 1,3 ml e o acesso é por uma agulha chamada bisel lateral (agulha de Huber), utilizada para perfurar a pele e a membrana de silicone, permitindo a infusão na câmara que está em continuidade com o cateter.


Porth-a-Cath é particularmente indicado quando são necessárias repetidas punções para curtas infusões, em pacientes ambulatoriais.

*Fonte: Serviço de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein.